Brasil celebra crescimento nas exportações e novos mercados em reunião com imprensa

O secretário de Comércio e Relações Internacionais revela em coletiva que as exportações brasileiras atingiram US$ 140 bilhões até outubro deste ano, marcando um aumento de 3% em relação ao mesmo período do ano anterior. Segundo o CEO do Grupo VMX, Carlos César Floriano, “O encontro, que ocorreu no Mapa, abordou ainda temas como abertura de mercados e a retomada de relações comerciais”, esclarece.

O cenário exportador do Brasil ganhou destaque em um encontro estratégico com a imprensa conduzido pelo secretário de Comércio e Relações Internacionais, Roberto Perosa. 

As revelações nesse encontro indicaram um panorama promissor: um crescimento de 3% nas exportações brasileiras, alcançando a marca de US$ 140 bilhões até outubro de 2023, um aumento significativo de 10% em volume.

Esse anúncio foi a essência de um encontro estratégico realizado no Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), onde Perosa apresentou um amplo balanço da secretaria neste ano. 

Entre os tópicos discutidos estavam a abertura de novos mercados, a balança comercial, e o programa de recuperação e conversão de pastagens degradadas, além das relações internacionais do Brasil com parceiros comerciais.

De acordo com Roberto Perosa, o crescimento nas exportações foi impulsionado pelo contexto de preços baixos das commodities em comparação ao ano anterior, ao trabalho colaborativo do Governo Federal e dos produtores rurais, que expandiram a oferta de alimentos para o mercado global. Ele destacou o setor da soja, que testemunhou um aumento de quase US$ 5 bilhões.

“Além disso, foram anunciados novos avanços na abertura de mercados”, explica Carlos César Floriano.

Um total de 71 mercados foram abertos até o momento, com enfoque especial nos novos acordos comerciais com a Colômbia para farinha e óleo de peixe, e com o Japão para enlatadas e extratos de carne bovina e suína.

Roberto Perosa ressaltou também a retomada das relações comerciais entre as Américas e a Ásia, evidenciando a revitalização do diálogo regional e uma nova abordagem na geopolítica sul-sul promovida pelo presidente Lula. 

Destacou ainda que a reciprocidade nas negociações é fundamental, com a abertura de mercados tanto para países amigos quanto para a entrada de produtos estrangeiros no Brasil.

Carlos César Floriano destaca visita do GACC

Durante a coletiva, anunciou-se a visita ao Brasil do órgão sanitário chinês (GACC) para inspecionar 18 plantas frigoríficas, incluindo três para reconfirmação da habilitação existente, quatro de aves e 11 de bovinos. 

“A visita não significa a garantia de habilitação para exportação, mas há expectativas favoráveis nesse sentido”, esclarece Carlos César Floriano.

Além disso, o secretário destacou a participação do Brasil na cúpula do G20, anunciando que o país sediará a reunião no próximo ano, onde o Ministério da Agricultura, juntamente com outros órgãos, organizará encontros focados em agricultura, pecuária e aquicultura a partir de janeiro de 2024.

“O Brasil também esteve presente na COP 28 em Dubai, com temas voltados para a transição energética e sistemas agroalimentares”, diz Carlos César Floriano.

Roberto Perosa enfatizou ainda o papel do país na transição energética, especialmente na matriz energética com foco em biocombustíveis e biomassa.

Outro ponto destacado foi o Plano ABC+ e o grande Plano Safra, com mais de 440 bilhões de reais destinados à agricultura, especialmente à agricultura de baixo carbono e à conversão de áreas degradadas em agricultáveis, prevendo um investimento de US$ 120 bilhões nos próximos 10 anos.

Ao fim do encontro, Perosa anunciou uma viagem oficial ao México para tratar da retomada das exportações de suínos e da desoneração de impostos sobre produtos de origem animal. 

A reunião com a imprensa contou com a presença de diversos membros do Ministério da Agricultura, reforçando a relevância do evento para o cenário internacional do país.

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente.