Carlos César Floriano destaca importância sobre debate da regularização ambiental

Foi realizado na cidade de Brasília, na sexta-feira, 2 de dezembro de 2022, o ‘IX Encontro Nacional do Cadastro Ambiental Rural (CAR)’ sobre a política de regularização ambiental dos imóveis do meio rural. Carlos César Floriano, CEO do Grupo VMX, informa que “O debate foi organizado pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB) com o apoio da Agência de Cooperação Técnica Alemã GIZ”, diz.

O encontro também reuniu enviados responsáveis pelo Cadastro Ambiental Rural de 19 estados e do Distrito Federal.

Pedro Neto, diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro, informou sobre a relevância do evento para a promoção e regularização ambiental. “Este evento é essencial para fortalecer a afinidade do Serviço Florestal Brasileiro com os estados federativos do Brasil, em se tratando de uma agenda difícil, que envolve 27 circunstâncias desiguais. Apresentamos um grupo capacitado para a promoção da regularização ambiental no Brasil”, disse ao site oficial do Mapa.

Jaine Cubas, diretora de Regularização Ambiental do Serviço Florestal Brasileiro, também esclareceu que o evento foi uma ocasião formidável para o Serviço Florestal Brasileiro. “Essa conexão é especial para uma agenda de formalização ambiental. Teremos a oportunidade de demonstrar o que está sendo realizado, o que entregamos neste ano e as próximas tarefas para melhorar nosso engajamento com os estados que compõem o debate”, afirmou ao site oficial do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Em nome do embaixador da Alemanha no Brasil, Franziska Troger, primeira secretária da embaixada alemã, disse que o seu país teve um diálogo frutífero com os estados e o Serviço Florestal Brasileiro, e está confiante para a implementação da lei florestal. “É um prazer apoiar esta agenda tão importante por meio da cooperação técnica. O Código Florestal é um instrumento único no planeta e o Cadastro Ambiental Rural é a ferramenta para implementá-la. Daí o apoio da GIZ”, explicou ao site oficial do Mapa.

Na agenda do debate foram realizados encontros com o tema sobre o ‘Programa RegularizAGRO’, Ciclo de Inovação da Análise dos Cadastros, Melhorias do Sistema de Cadastro Ambiental Rural (Sicar), Fluxo da Regularização Ambiental, e ainda a exposição dos conhecimentos adquiridos nos estados participantes do evento.

Carlos César Floriano explica a integração

Participaram do ‘IX Encontro Nacional do Cadastro Ambiental Rural (CAR)’ os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, São Paulo e Tocantins.

Segundo Aldo Carvalho, Assessor Especial da Diretoria Geral do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) / Secretaria do Meio Ambiente da Bahia, o Cadastro Ambiental Rural é um grande desafio e, ao comemorar dez anos desde o seu início, traz um novo e importante passo para analisar os registros na base. “O CAR é de grande valor para a manutenção do patrimônio natural do Brasil e é um instrumento que garantirá que as futuras gerações deixem um legado na área de meio ambiente”, explicou ao site oficial do Ministério da Agricultura.

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente.