Exportações do Agro atingem recorde em março/22

Exportações do Agro atingem recorde em março22 Carlos César Floriano

As vendas externas do agronegócio brasileiro atingiram um recorde de US$ 14,53 bilhões em março de 2022, um aumento de 29,4% em relação ao ano anterior. O aumento foi impulsionado, principalmente, pelo crescimento de 27,6% no preço das exportações do agro. 

Atualmente, as exportações do agronegócio representaram metade do total das vendas externas do país em março de 2022, tendência impulsionada pelo recorde mundial de preços dos alimentos. Em termos de importações agrícolas, as compras totalizaram US$ 1,42 bilhão (aumento de 5,9%).

Produtos

Os complexos de soja, por exemplo, o óleo, o farelo e o grão, continuaram liderando as vendas externas do Brasil em um recorde de US$ 7,56 bilhões, respondendo por mais de 50% das exportações de produtos do agronegócio em março deste ano. Somente as exportações de óleo de soja aumentaram 179,8%, passando de US$ 117,52 milhões em março de 2021 para US$ 328,77 milhões em março de 2022, especialmente devido à redução da oferta de óleo de girassol, já que o maior produtor e exportador mundial é a Ucrânia, que está em conflito com a Rússia no momento. 

Quando o assunto é as exportações de carne, em março ultrapassaram US$ 2 bilhões (US$ 2,1 bilhões) pela primeira vez. O produto mais exportado, com recorde de 191.580 toneladas e US$ 1,11 bilhão, a carne bovina foi impulsionada principalmente pela demanda chinesa.

Carlos César Floriano destaca os principais destinos das exportações brasileiras do agronegócio em março de 2022

Embora a participação das compras do agronegócio tenha diminuído entre março de 2021 (42,3% de participação) e março de 2022 (41,4% de participação), a China continua sendo o principal destino dos produtos do setor. 

No mês passado, as vendas no mercado chinês atingiram US$ 6,01 bilhões (crescimento de 26,6%). Principais produtos: Soja (US$ 4,56 bilhões, mais 26,0%); Carne fresca (US$ 677,48 milhões, acréscimo de 108,5%); Celulose (US$ 271,11 milhões, incremento de 30,3%); Frango fresco (US$ 123,08 milhões, alta de 20,8%); açúcar de cana bruto (US$ 96,63 milhões, ampliação de 41,2%). 

Das exportações agrícolas do Brasil para a China, esses itens foram responsáveis por 95,4% do valor total comercializado entre os países. 

Acumulado no período

De janeiro de 2022 a março de 2022, as vendas externas do agronegócio do Brasil somaram US$ 33,82 bilhões (aumento de 45,9%), um recorde histórico, respondendo por 46,8% das exportações totais brasileiras: um aumento anual de 5,1%. Já no caso das importações, o total registrado nos três meses iniciais deste ano foi de US$ 3,78 bilhões (decréscimo de 2,1%). 

Veja mais notícias em nosso site.

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente.