No estado do Paraná, Ministério da Agricultura lançou a gestão do Plano ABC+

O Plano de Ação Nacional (PAE) do Estado do Paraná, que faz parte do Plano Setorial de Mudanças Climáticas e Adaptação da Agricultura de Baixo Carbono (Plano ABC) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), foi lançado na quarta-feira, 12 de abril de 2023.

O plano do ABC Paraná foi elaborado pelo Grupo Executivo do Governo (GGE), formado por especialistas de diversas instituições públicas e privadas envolvidas com o agronegócio. 

A formulação do Plano de Ação Nacional incluiu atividades e estratégias que abrangeram desde pequenos produtores de hortaliças até grandes produtores de grãos. Estas propostas incluem atividades que visam atingir os objetivos traçados no quadro da realidade e condições locais, com base na produção agrícola sustentável de acordo com a política agrícola e pecuária do país.

Segundo Sibelle Silva, diretora de produção sustentável e irrigação da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperação (Depros/SDI/Mapa), a criação de mecanismos locais é fundamental para garantir a continuidade da agricultura sustentável. 

Para o site oficial do Mapa, Sibelle informou que, “A descentralização das atividades do governo federal aumenta e promove o comprometimento dos parceiros regionais. Este é um novo momento para o plano ABC, onde os estados assumem protagonismo na exploração regional do desenvolvimento sustentável”, explica.

A gestão do plano ABC segue um modelo de governança híbrido, descentralizado e participativo. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento estimula a formação de lideranças nacionais voltadas para o fortalecimento da implementação do plano de acordo com as especificidades, necessidades e perspectivas de cada país. 

Após Santa Catarina e Matogrosso, o Paraná foi o terceiro estado a lançar o Plano de Ação Estadual para o ABC+.

A previsão é lançar Planos nacionais já em 2023 nos estados do Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Tocantins e no Distrito Federal.

Plano ABC+: O compromisso da agropecuária brasileira com a sustentabilidade

O Plano ABC+ é um conjunto de medidas que visam promover a sustentabilidade na agropecuária brasileira. Lançado em 2017, o plano é uma atualização do Plano ABC (Agricultura de Baixo Carbono) e tem como objetivo principal reduzir as emissões de gases de efeito estufa geradas pela atividade agropecuária.

Entre as medidas previstas no Plano ABC+ estão a adoção de técnicas de plantio direto na palha, integração lavoura-pecuária-floresta, recuperação de pastagens degradadas, uso de sistemas agroflorestais, entre outras. Além disso, o plano prevê a ampliação da produção de energia renovável a partir de resíduos agroindustriais.

Segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Plano ABC+ tem como meta reduzir as emissões de gases de efeito estufa em até 25,6 milhões de toneladas de CO2

O plano também busca aumentar a eficiência do uso da água na produção agropecuária e promover a conservação da biodiversidade.

Para incentivar a adesão dos produtores rurais às medidas previstas no Plano ABC+, o governo brasileiro oferece linhas de crédito especiais com juros abaixo do mercado, além de apoio técnico e capacitação.

O Plano ABC+ representa um importante avanço para a promoção da sustentabilidade na agropecuária brasileira e é fundamental para que o setor possa se desenvolver de forma responsável e consciente com o meio ambiente.

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente.