VBP estimando em R$ 1.265,2 trilhão para 2023 é o melhor resultado desde o ano de 1989

As estimativas de R$ 1.265,2 trilhão do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) brasileira para o ano de 2023, segundo os especialistas, serão os melhores valores alcançados desde 1989 para o VBP. Foram considerados os dados do primeiro mês de 2023 para o levantamento das avaliações.

Em comparação ao ano de 2022, quando o Valor Bruto da Produção Agropecuária foi de R$ 1.189,7 trilhão, caso os números se confirmem, será de um crescimento de 6,1% em termos reais. 

Da previsão de R$ 1.265,2 trilhão do VPB, analistas apontam que as lavouras devem representar o faturamento estimado R$ 900,8 bilhões, enquanto a pecuária, deve contribuir com o faturamento previsto de R$ 364,4 bilhões.

Conforme as informações divulgadas, o Valor Bruto da Produção Agropecuária apresentou resultados mistos no último ano. Enquanto o setor de lavouras registrou um crescimento significativo de 10,5%, o segmento de pecuária sofreu uma retração de 2,7%.

As perspectivas para o clima em geral são favoráveis para o ano de 2023, com exceção do estado do Rio Grande do Sul, que está passando por um período longo de escassez de chuvas. Essa situação já está afetando a produtividade das lavouras de soja, milho e feijão no estado, com perdas acentuadas contabilizadas pelos produtores rurais da região.

No entanto, a previsão é de uma safra recorde de grãos no ano de 2023, conforme foi anunciado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com expectativas de produção de 302,0 milhões e 310,6 milhões de toneladas, respectivamente. 

As culturas de milho e soja são as principais responsáveis por esse crescimento, com a soja representando 44,5% do Valor Bruto da Produção Agropecuária das lavouras, com um VBP previsto de R$ 401,0 bilhões. A cana-de-açúcar igualmente deve apresentar um crescimento recorde em 2023, contribuindo para o valor total de produção das lavouras.

Além disso, há previsão de resultados positivos para o Valor Bruto da Produção Agropecuária de produtos como algodão, arroz, batata-inglesa, cacau, feijão, laranja, mandioca, tomate e uva. Juntamente com milho e soja, esses itens estão liderando o faturamento da agropecuária. 

Por outro lado, a pecuária apresenta uma previsão de resultados favoráveis apenas para os suínos e o leite, enquanto itens como carne bovina, de frango e ovos apresentam valor negativo para o crescimento do Valor Bruto da Produção Agropecuária deste ano.

Entre os 17 produtos analisados no relatório, soja, milho, cana-de-açúcar, café e algodão são os que mais contribuem para o faturamento, representando 83,7% do Valor Bruto da Produção Agropecuária das culturas brasileiras pesquisadas.

Compreendendo o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP)

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) é uma medida que quantifica o faturamento bruto gerado pela produção agropecuária em uma determinada região, estado ou país em um período estipulado, geralmente anual.

O VBP considera o valor da produção gerada pela agricultura, pecuária, silvicultura, pesca e aquicultura, incluindo tanto os produtos vendidos como aqueles destinados ao consumo próprio ou utilizados como insumos para outras atividades econômicas.

Para o cálculo do Valor Bruto da Produção Agropecuária, são considerados os preços de mercado dos produtos agropecuários e as quantidades produzidas em determinado período, sendo que os valores são obtidos com base em informações coletadas pelos órgãos de estatística e representam o potencial de geração de renda do setor agropecuário. 

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente.