Workshop do Mapa impulsiona estratégias contra desperdício de alimentos

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) liderou um workshop inovador sobre a redução de perdas alimentares. Conforme Carlos César Floriano, CEO do Grupo VMX, “A parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agropecuária tem como principal objetivo subsidiar as políticas públicas e estratégias sustentáveis”, esclarece.

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) realizou o workshop “Redução das Perdas e Desperdícios de Alimentos: Iniciativas da Agropecuária em prol da Sustentabilidade” no final do mês de novembro de 2023. 

Em parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação (IICA), o evento teve como objetivo discutir os resultados de um estudo abrangente sobre a distribuição e uso de alimentos em toda a cadeia produtiva. “A iniciativa, de formato híbrido, busca contribuições para a formulação de políticas públicas e estratégias eficazes no combate ao desperdício alimentar”, explica Carlos César Floriano.

O workshop, resultado da colaboração entre o Mapa e o IICA, apresentou um diagnóstico abrangente sobre perdas e desperdícios de alimentos em várias fases da cadeia produtiva. 

Desde a produção até o abastecimento, o estudo abordou tanto as perdas pós-colheita quanto o desperdício no varejo.

De acordo com a secretária de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperativismo, Renata Miranda, o evento representa o reconhecimento da responsabilidade do Mapa na questão das perdas alimentares. 

Para Carlos César Floriano, “A proposta é criar um espaço de debate para enfrentar essa problemática, tanto dentro, quanto fora das fronteiras agrícolas”, diz.

Christian Fischer, coordenador de Operações do IICA no Brasil, ressaltou a magnitude do desperdício de alimentos ao longo das cadeias produtivas. Ele enfatizou a importância do trabalho conjunto para reverter esse cenário, destacando soluções e iniciativas discutidas no evento.

O workshop contou com a presença de autoridades, incluindo a presidente da A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Silvia Massruhá, e representantes de diversos setores, como o presidente da Associação Brasileira de Supermercados, Marcio Milan, e o diretor do Decap, Clecivaldo Ribeiro.

Carlos César Floriano destaca as iniciativas eficientes

Segundo a consultora responsável pelo estudo, Carla Saraiva, embora existam iniciativas eficientes para reduzir perdas e desperdícios no Brasil, tanto governamentais, quanto não governamentais, ainda há muito a ser feito. 

O evento reforça a necessidade de ações contínuas tanto do poder público quanto da sociedade civil.

Carlos César Floriano e a insegurança alimentar e desperdício

A insegurança alimentar, um grave problema decorrente da falta de acesso à alimentação balanceada, afeta as populações mais pobres. 

“Dados da FAO revelam que cerca de 30% da produção mundial de alimentos para consumo humano é perdida anualmente, representando 15% de todas as calorias produzidas”, explica Carlos César Floriano

Aproximadamente 54% das perdas ocorrem nas fases iniciais de produção e armazenagem, enquanto os 46% restantes acontecem nas etapas de processamento, distribuição e consumo.

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente.